Dia 27 de julho é comemorado o Dia do Motociclista e na noite da última terça-feira a TV Nordestina, em alusão a esse dia, promoveu uma live especial dedicada a todos os motociclistas, motoclubes e amantes das duas rodas. O evento foi transmitido pelo canal do YouTube e Facebook da TV Nordestina e contou com muita música, do gospel até um cover do lendário Elvis Presley.

Diretamente de suas casas, em diversas cidades da Paraíba e do Brasil, líderes e membros de motoclubes acompanharam a transmissão que foi comandada pelos apresentadores Abílio José e Ronald Amaral, que também participam desse universo do motociclismo. Ronald, que também é apresentador do programa “Irmanados Sobre Rodas”, incluso na grade de programação da TV Nordestina, ressaltou a importância de valorizar o motociclismo. “Nós sabemos que com a tecnologia a gente alcança o mundo e esse é um dia que congrega todo o espírito da irmandade, da fraternidade, da honra e do respeito. Motociclismo é coisa séria, é algo que cada dia mais tem construído um relicário de coisas boas no mundo. A gente faz muitas obras sociais, ajuda muitas pessoas, une as famílias, a gente viaja muito, então gera renda pelo turismo. Geralmente o motociclista esquece seus problemas quando está em cima da sua moto, é algo muito mágico, muito bacana”, disse o apresentador. 

O programa apresentado por Ronald também é pautado na união entre motociclistas, ciclistas e amantes do automobilismo, com um foco religioso. “O objetivo do ‘Irmanados Sobre Rodas’ não é somente congregar o motociclismo, mas trazer o ciclismo e o automobilismo, juntando essas tribos urbanas e fazendo com que todos se unam em prol de uma cidade melhor, de um mundo melhor. Tem esse grande diferencial, que é mostrar para as pessoas que existe um Deus fantástico que nos ama. O Irmanados está acima de tudo para levar a palavra de Deus. A gente está curtindo o ciclismo, automobilismo, etc, mas com uma visão na eternidade, começando o céu aqui”, destaca Ronald.

Assista o programa Irmanados Sobre Rodas, que vai ao ar todas das quintas, às 20 horas

A Live especial do Dia do Motociclista também teve a participação do Superintendente da STTP, Carlos Dunga Júnior, que contribuiu falando da importância da pilotagem consciente nas ruas de Campina Grande e nas estradas. Dunga Júnior também explanou sobre os projetos e medidas que estão sendo feitas em prol da melhoria das condições de trânsito na cidade. “Nesse dia tão importante a gente traz nosso corpo de instrutores atualizados com o Código de Trânsito Brasileiro em relação aos motociclistas, para poder contribuir de forma educativa e preventiva, já que hoje ainda contamos com um número alto de acidentes de moto com vítimas fatais na cidade”, alerta Junior. A STTP, com o objetivo de amenizar essa situação, vem contribuindo com cursos de instruções de pilotagem, como explica o Superintendente: “Nós disponibilizamos para empresas, trabalhadores e motociclistas em geral, que queiram se aprimorar com nosso curso de pilotagem, que é ministrado pelo nosso núcleo agentes de trânsito da STTP, que são formados no curso de pilotagem”.

Assista à íntegra da Live do Dia do Motociclista

    Alguns representantes de motoclubes estiveram presentes acompanhando de perto a transmissão da live, a exemplo de Assis de Aquino, que é um dos fundadores e membro mais antigo do Tropeiros do Asfalto, um motoclube que existe há mais de 20 anos em Campina Grande. Com muita história em sua bagagem, Seu Assis conta que começou a participar desse universo no ano de 1950, e hoje é o único de sua época que ainda está na ativa. No auge de seus 85 anos de idade e mesmo com suas limitações, seu Assis não deixa sua paixão de lado, sendo a maior representação desse sentimento que os motociclistas carregam em si. “É divertido demais, é o melhor esporte do mundo pra mim. Já fui pra Paulo Afonso(BA), Garanhuns(PE), Natal(RN), Maceió(AL)… Já possuí ‘meio mundo’ de motos e graças a Deus tô aqui, com 85 anos”, celebra seu Assis. Uma das histórias mais marcantes que viveu foi quando percorreu um grande trajeto sozinho em sua moto. “Já viajei muito, saí daqui sozinho e fui para Natal, de lá fui para Fortaleza, fiquei três dias por lá, saí de seis horas, às duas horas já estava aqui, só eu e Deus. Eu sou apaixonado por isso. Quanto mais longe, pra mim, melhor!”, conta ele entusiasmado.

    Artistas locais animaram a Live: bandas Dona Lola, Controle Remoto, Diôjea8 e o cantor Tony Presley, que faz cover do lendário Elvis Presley. Todas essas atrações, cada uma em seu estilo próprio, fazem parte do repertório tão amado pelos motociclistas e outras tribos urbanas.  A ocasião também foi a oportunidade perfeita para a estreia da banda “Diôjea8” que fez sua primeira apresentação em público na live da TV Nordestina com versões de sucessos do cantor Roberto Carlos. Apesar do pouco tempo de formação, a banda já vem com uma proposta diferenciada: dar uma nova roupagem aos clássicos da música brasileira, como explica o vocalista Magno Jeferson (35): “A gente tem essa proposta de trazer músicas nacionais com uma ‘pegada’ diferente. Além desse tributo a Roberto Carlos, temos outros repertórios também, como o tributo ao brega que eu chamo de ‘Reginaldo Rock’, onde a gente pega os clássicos do brega e faz uma nova roupagem com alguns estilos diferentes dentro do rock, como blues e metal”, explica o vocalista.

Galeria de fotos: Confira alguns registros da noite

Tony Presley (Foto: Steffanie Alencar)
Tony Presley (Foto: Steffanie Alencar)
Banda Dona Lôla (Foto: Steffanie Alencar)
Banda Diôjea8 (Foto: Steffanie Alencar)
Banda Diôjea8 (Foto: Steffanie Alencar)

    Ao final da noite, foram sorteados alguns prêmios disponibilizados pelos patrocinadores para quem estava assistindo a live, como capacetes, camisetas e produtos para manutenção de motos. O apresentador Ronald, em sua fala, destaca o quão é especial que momentos como esse recebam a valorização merecida: “Essa união das tribos que a TV Nordestina tem proporcionado tem sido algo mágico, porque aqui em Campina Grande não havia espaço para que essas pessoas que estão à frente de moto clube, de pedal, etc. tivessem acesso à essa comunicação. A TV Nordestina tem esse diferencial de ser uma TV da nossa terra, feita por pessoas da nossa terra, trazendo esse mundo de fora para a TV”, destaca ele. O clima de confraternização foi contagiante nos estúdios, proporcionando esse momento de descontração e união em uma noite em homenagem a essas tribos que fazem muito mais do que simplesmente andar de moto estrada à fora.

FONTESteffanie Alencar com supervisão de Diego Rodrigo