O TRF-2 acaba de determinar nova prisão de Michel Temer e de seu assessor João Baptista Lima Filho, o coronel Lima.

Votaram pela retomada da prisão preventiva os desembargadores Abel Gomes e Paulo Espírito Santo. Ficou vencido o relator, Ivan Athié.

Michel Temer se entregará amanhã para ser preso novamente.

Segundo o advogado Eduardo Carnelós, o pedido foi feito e aprovado durante a sessão do TRF-2 que determinou a volta do ex-presidente à cadeia junto com o coronel João Baptista Lima Filho.

“Só posso lamentar, porque considero isso uma injustiça e não há fundamentos. Submeter o ex-presidente a uma prisão desnecessária, e pior, o fundamento seria que não há risco à ordem pública, mas sim [de ser] um exemplo para a sociedade. Considero isso uma página triste”, afirmou.

Fonte o ANTAGONISTA