Leto e Roberto Santiago estão no mesmo pavilhão e separados apenas por divisórias e camas

A defesa do ex-prefeito de Cabedelo Leto Viana ingressou na tarde deste sábado (18) com habeas corpus na Justiça. O advogado Jovelino Delgado alega, basicamente, a ilegalidade jurídica de o ex-prefeito ficar no mesmo pavilhão onde está o empresário Roberto Santiago, situação criada pela remoção de presos dos batalhões para o presídio de Mangabeira.

Desde a manhã de hoje, os dois estão juntos e separados apenas por divisórias e camas. “Leto já é um colaborador da Justiça e jamais poderia estar no mesmo ambiente onde se encontra outro investigado (Roberto Santiago). Isso afronta todas as decisões dadas na Operação Xeque-Mate, que impede o contato de réus. É uma afronta a legalidade. Estamos buscando o direito de Leto ficar em pavilhão distinto do de Roberto Santiago”, fundamentou o advogado.

Com Heron Cid