O presidente Jair Bolsonaro indicou que o ministro da Educação, Ricardo Vélez, deve sair do cargo na próxima segunda-feira, 8. O anúncio aconteceu em uma reunião com jornalistas no Palácio do Planalto, em Brasília. As informações são do portal G1.

“Está bastante claro que não está dando certo o ministro Vélez”, declarou. Ele ainda continuou afirmando que a próxima segunda será uma data decisiva, o “dia do fico ou não fico”.

O Ministério da Educação (MEC) enfrentou uma série de crises nos primeiros meses de governo. Demissões e remanejamentos são apenas alguns exemplos dos desafios que o ministério enfrenta. O MEC ainda causou polêmica quando enviou uma carta para escolas, recomendando que os alunos fossem gravados cantando o hino nacional.

Com EBC