Convocação é para dar acesso gratuito ao transporte público. Interessados devem ir à sede da Superintendência de Transporte Público de Campina Grande

Começou o cadastramento das pessoas com algum tipo de deficiência que tenham interesse de adquirirem o benefício da passagem gratuita no transporte coletivo de Campina Grande, no Agreste da Paraíba. Os beneficiários precisam comparecer à sede da Superintendência de Transporte Público (STTP) das 8h às 17h, na segunda e terça-feira, e das 12h às 17h, de quarta a sexta-feira. O cadastro para 2019 acontece até o fim de julho, no setor de gratuidade da STTP, no bairro Catolé.

O recadastramento é necessário para a troca das carteiras de gratuidade que estarão vencendo. Com a atualização, portadores de variadas deficiências com gratuidade aprovada, por meio de Perícias Médicas, receberão suas respectivas carteiras com livre acesso no transporte coletivo, sem ter que se preocupar em colocar a mão no bolso.

Veja a documentação necessária para realizar o cadastro

Para os novos cadastrados:

Cópia do RG, CPF, comprovante de residência (casa alugada deve portar cópia do contrato autenticada) no nome da pessoa que vai fazer a pericia médica, declaração de tipagem sanguínea, cópia de CPF de todos as pessoas que residem com o solicitante, documento de comprovação de renda, laudo médico de identificação do CID10 atualizado e, caso seja deficiente auditivo, cópia da audiometria.

Para os já cadastrados com CID definitivo:

Cópia do comprovante de residência atualizado, no nome da pessoa que vai fazer a pericia médica, cópia de CPF de todos as pessoas que residem com o solicitante, documento de comprovação de renda.

Para usuários cadastrados com necessidade de avaliação médica:

Cópia do comprovante de residência atualizado, no nome da pessoa que vai fazer a pericia médica, cópia de CPF de todos as pessoas que residem com o solicitante, documento de comprovação de renda, e laudo médico com identificação de CID atualizado

Da redação com assessoria e OP9