Cineasta americano acredita que longas de empresas de streaming devem concorrer ao Emmy

Após trajetória premiada que teve como desfecho a vitória em três categorias do 91º Academy Awards, no último domingo (24), o filme “Roma” continua gerando controvérsia em Hollywood.

Dono das estatuetas de melhor direção, filme estrangeiro e fotografia da temporada, o longa de Alfonso Cuarón está sob os holofotes desde seu lançamento pela plataforma de streaming Netflix. Agora, entrou na mira de uma das personalidades mais influentes da indústria cinematográfica americana.+

De acordo com o portal especializado IndieWire, Steven Spielberg -que assim como Cuarón venceu o Oscar de direção duas vezes, por “A Lista de Schindler” (1993) e “O Resgate do Soldado Ryan” (1998)- quer que futuras produções cinematográficas de serviços de streaming não sejam elegíveis à premiação.

Representante do ramo de diretores da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, Spielberg quer apoiar medidas que mudem as regras para as nomeações ao Oscar e pretende levar suas opiniões para a próxima reunião de dirigentes da Academia, em abril.

“Steven tem fortes opiniões sobre as diferenças entre lançamentos para o streaming e para os cinemas”, disse um porta-voz da Amblin Entertainment, produtora do cineasta. “Ele ficará feliz se outros o apoiarem nesta campanha quando a hora chegar.”

Não é a primeira vez que o diretor de 72 anos se posiciona contra serviços como a Netflix. Ele já havia dito que filmes lançados por empresas de streaming deveriam concorrer ao Emmy, não ao Oscar. A premiação televisiva, inclusive, tem categorias voltadas a filmes feitos para a TV.

Entre os argumentos de Spielberg está o fato de a Neftlix se recusar a divulgar dados sobre audiência e bilheteria. O lançamento de filmes de forma limitada nos cinemas, apenas para torná-los elegíveis a premiações, a janela entre a exibição nos cinemas e no streaming e a milionária campanha de publicidade para “Roma” também são pontos destacados.

Em 2019, a Neftlix lançará outro forte concorrente para a próxima temporada de premiações. Dirigido por Martin Scorsese, o longa “O Irlandês” tem Robert De Niro, Al Pacino, Joe Pesci e Harvey Keitel no elenco e é aguardado com expectativa por fãs de cinema.