Na tarde desta quarta-feira (20), um áudio entre o Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, e o Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, foi gravado por um jornalista do jornal O Globo. A conversa foi ouvida devido a um telefonema aparentemente acidental do ministro ao jornalista. No diálogo, os dois citaram o ex-ministro da Secretaria-Geral, Bebianno, afastado do cargo devido às investigações de corrupção e demonstraram preocupação com a situação. 
Bolsonaro citou o ex-aliado e falou sobre algumas ações que Bebianno poderia reclamar. “Se ele me cobrar individualmente o mínimo eu tô F… tem que vender uma casa minha para poder pagar”, disse o presidente. Em seguida, Onyx tenta acalmar e diz que vai resolver a situação. Leia a conversa na íntegra: Onyx: A Folha deu uma nota e o Antagonista acabou de reproduzir e ele (Bebianno) acabou de ligar e pediu para tirar. Que é o seguinte… Que ele estava preparando documento e não sei o que para atacar. Ele disse ao Jorge: o que eu tinha para fazer, eu fiz ontem. Eu não dou mais nem uma palavra, acabou tudo ontem. Eu to te dando a minha palavra. Ok? Então, agora, no fim da tarde, para tu saber, eu vou lá dar uma conversada com ele. Bolsonaro: Você vai conversar com ele sobre as ações?Onyx: Eu vou conversar com ele sobre as ações. Bolsonaro: Se ele me cobrar individualmente o mínimo eu tô F… tem que vender uma casa minha para poder pagar. Onyx: Deixa eu acertar, deixa eu acertar.  Onyx: Eu vou conversar com ele sobre as ações.